World Time Zones travel towel and beach sarong kanga
  Search for City or Place:

11/01/2010, Brazil - "Acreanos decidem voltar ao horário antigo em votação do referendo", Portal Amazônia

See New Time Zones map of Brazil with current time     Old Time Zones map of Brazil with current time
South America Time Zone Map with current time


Quick reference page for New and Old Brazil Time Zones map

RIO BRANCO - Eleitores acreanos votaram, ontem (31), em um referendo para decidir sobre a mudança do horário no Estado. Com 91% das urnas apuradas até as 23h20, 57,07% dos acreanos preferem retornar para o antigo fuso horário, de duas horas a menos de diferença em relação ao horário de Brasília.

Apenas 42,93% dos eleitores preferiram manter o horário atual, de apenas uma hora de diferença. O atual fuso horário está em vigor desde 2008. O voto no referendo foi obrigatório.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Acre, o resultado será encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e depois para o Congresso, para a criação de uma nova lei para a mudança de horário.

A mudança

A mudança foi defendida no Congresso Nacional pelo senador Tião Viana (PT), por meio da lei nº 11.662, de 24 de abril de 2008. Segundo ele, a mudança da lei corrige um erro histórico que durou mais de 90 anos.

Após as eleições do primeiro turno, campanhas institucionais encabeçadas por comitês do SIM (55) e NÃO (77), passaram a ser divulgadas na mídia, estimulando a sociedade a responder a seguinte pergunta: "Você é a favor da recente alteração do horário legal promovida no seu Estado?".

Quatro horários

O chefe da Divisão Serviço da Hora do Observatório Nacional, Ricardo José de Carvalho, explicou que até 2008 o Brasil tinha quatro fusos.

O Acre e parte do Amazonas ficavam a menos cinco horas do horário de Greenwich. Com a lei de 2008, as áreas passaram a ficar a menos quatro horas, o que reduziu a diferença em relação à hora oficial de Brasília (menos uma hora, no horário normal, ou menos duas horas, no horário de verão).

Para o coordenador do grupo do "Não", Missias Lopes, "o princípio da democracia não foi respeitado" na época da mudança. Ele diz também que estudantes e trabalhadores foram prejudicados porque saem de manhã ainda no escuro.

O grupo apontava ainda a hipótese de que a mudança quis ajudar emissoras de TV. Desde 2007, por decisão do Ministério da Justiça, as redes devem respeitar a classificação indicativa de horário de acordo com cada faixa etária. (NS)

Back to DST News



Advertise | Awards / Media | How to link | Guestbook | About WorldTimeZone.com | Privacy | Contact
Copyright © 2011 WorldTimeZone.com. All rights reserved.